www.passandoalimpo.com

Arthur Godoy Júnior

arthur007@uol.com.br

Telefone e WhatsApp (11) 99118-5007


São Paulo, 17 de setembro de 2019

Atualizado às 22h00

online



A notícia mais importante desta atualização

Catanduva está a um passo do caos econômico; Nilton Cândido e Ari Enfermeiro revelam dificuldades financeiras do município

Todos os detalhes, logo abaixo...




Arthur

vejo todos os dias reclamações de diversos setores do funcionalismo, concordo que na grande maioria das vezes o funcionalismo tem razão, mas ninguém vem a público e diz a verdade. Não existe dinheiro, em quaisquer níveis do setor público nada funciona bem, tudo que é público é sinônimo de coisa ruim, o país gasta quase metade de tudo que arrecada com pagamento do funcionalismo.

Será que não está na hora de atribuir um regime único para todos, inclusive os gestores poderem demitir por baixo rendimento ( excesso de atestado)?

Mande seu recado, sua reclamação, sugestão, ajude a sua cidade. O e-mail para contato é arthur007@uol.com.br. Você pode clicar no link acima e escrever seu comentário.





- As finanças de Catanduva estão no fundo do poço e a administração já encontra dificuldades para honrar compromissos, principalmente com o Instituto de Previdência do Município (IPMC). A folha de pagamento dos funcionários deve ser honrada, mas os valores estão no fio da navalha.

- O assunto foi pauta na Câmara Municipal, onde Nilton Cândido apontou que a situação "está dramática", informando que no passado a cidade ainda tinha 5% para investimentos. Porém, relatório do Tribunal de Contas indica que isso não existe mais. Segundo o TCE, e também os números apresentados pela administração, os investimentos e manutenção na área de saúde e educação estão acima do previsto em Lei, e não dá para se mexer nestes valores.

- Nilton Cândido informou que se a prefeitura decidir pagar o dissídio dos funcionários - relativo a 2015 -, os salários deixam de ser pagos. Ele teme que o Tribunal de Justiça determine o pagamento das ações pendentes e com o número de municipiários que são credores da administração, o município fique com suas finanças inviabilizadas de vez.

- Enfermeiro Ari confirmou a situação, esclarecendo que ao visitar a prefeita no Paço Municipal, ouviu de Marta que o governo ainda não conseguiu pagar parte da dívida com o IPMC.

- O vereador apontou que numa conversa com funcionário da prefeitura ficou sabendo que o Governo Federal está atrasando o repasse de recursos. O governo até encaminha os recursos, mas com atraso. E as dívidas vão aumentando.

- No final da fala, Enfermeiro Ari fez sua média com os servidores públicos. Disse que sabe que apesar das dificuldades financeiras do município, os municipiários estão com problemas ainda maiores.

- Luis Pereira, presidente da Câmara, revogou sua intenção de comprar um veículo 0 Km para o legislativo. Como a compra do carro virou polêmica, Luis Pereira decidiu revogar a licitação.

- As sessões da Câmara Municipal estão durando várias horas. Motivo: as solenidades de honra ao mérito que estão sendo realizadas quase semanalmente. Nos bastidores, já tem vereador reclamando dessa situação.

- O vereador Wilson Paraná informou na tribuna da Câmara que na Secretaria de Meio Ambiente existem dois funcionários que não picam cartão e estão sendo acobertados pela direção da secretaria. Bonito, muito bonito.

- Paraná informou ainda que o Tribunal de Justiça revogou liminar pedida pelo ex-prefeito Afonso Macchione que visava derrunar projeto de Lei aprovado pela Câmara Municipal que transformou o Viaduto Santo Alfredo, da rua Sete de Setembro, como patrimônio público. Decisão tomada, viaduto salvo.

- E por falar em passado, por onde andam as Comissões Especiais de Inquérito que tramitavam pelo legislativo? Sumiram?

- Dorival Stuginski Junior foi exonerado do departamento de compras. A decisão foi publicada no Imprensa Oficial da segunda-feira, 16.

- Andreia Fracasso da Silva também foi desligada da função de Encarregada de Assuntos da Administração. Em seu lugar entrou Alessandra Aparecida de Freitas.

- A gente não sabe para o que este cargo serve, mas pelo nome, deve ser importante.

- Caio Filipini não é mais diretor do departamento de transportes e administração de frota. A exoneração atende a pedido do ex-diretor.

- Atenção, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, na próxima quinta-feira Catanduva pode registrar a marca história de 41 graus.

- A Prefeitura de Catanduva, por meio da Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Turismo (Smelt), abriu processo seletivo para contratar estagiários. O interessado em concorrer à vaga deve estar cursando nível superior, com habilitação em educação física. Os currículos devem ser entregues à secretaria, que fica na Rebouças, 55, no Parque Iracema. A contratação remunerada ocorrerá a partir de janeiro, com duração de um ano, podendo ser prorrogada por igual período. O telefone para mais informações é o 3523-2305.

A cada atualização, esta coluna receberá novos comentários e informações. Colabore enviando seu e-mail para arthur007@uol.com.br, com o título "Na Ponta da Pauta", ou através do WhatsApp - (011) 99118-5007. Após recebermos a informação, realizaremos a checagem e publicação. Sigilo absoluto. Passando a Limpo: é você quem faz!


Opinião

Uma agonia sem fim...

Arthur Godoy Júnior

Numa determinada tarde qualquer, um casal estava sentado na sala de estar de um luxuoso apartamento. Conversava amenidades, enquanto assistia a um programa de televisão. O filho mais novo entrou na sala, atravessou o ambiente, disse "adeus" e continuou sua caminhada, alcançou a sacada, pulou a grade e se projetou no ar. Possivelmente, a queda não demorou um único minuto. Quinze andares, 17 anos de vida, que terminaram no momento em que o corpo atingiu o solo. Não há o que socorrer, apenas constatar. Naquele momento, três vidas se calaram. O rapaz e seus pais, atônitos e num perfeito e eterno estado de choque.

Um senhor de idade, não tão velho, não tão novo, compra seu bilhete de transporte coletivo. Carrega uma maleta, onde está sua marmita, uma revista velha e documentos pessoais. Passa a catraca, senta-se no banco de pedra à espera do trem suburbano. Ao aviso sonoro, e com as pessoas se aproximando da plataforma, ele se levanta. Vê a máquina, chegando a toda velocidade. Num impulso solitário, o homem se atira. O maquinista não tem qualquer reação e sabe que se tentar parar uma locomotiva com vários vagões, daquele jeito, não conseguirá evitar o inevitável.

Ninguém consegue desvendar o caminho do labirinto que é a mente humana. Por milênios, o homem tenta discorrer sobre seu passado, o presente e o futuro. O que existe por trás da porta chamada morte, as consequências de seus atos e até mesmo se Deus é uma criação humana para refrear a bestialidade que insiste em nos seduzir. Pois somos animais, com a diferença que nossos atos são pensados e podem ser usados tanto para o bem como para o mal. Nesta infindável caixa de emoções que é a mente humana, estão guardados segredos e sentimentos. Homens comuns se descobrem serial killers, e donas de casa recatadas guardam dentro de si os maiores anseios e desejos. E a vida, como uma história sem fim, segue seu caminho finito.

Em 198 e umas bolinhas, eu estudava em Rio Preto. Fazia cursinho e trabalhava no Hospital Emilio Carlos como atendente de enfermagem. Pegava o último ônibus da Viação Itamaraty destino Ribeirão Preto, e descia na rodoviária catanduvense por volta da 01h00. De lá até em casa, uma caminhada. Não tinha dinheiro para ônibus, moto táxi não existia, e particularmente sempre gostei de caminhar no silêncio da noite. Passando pela rua São Paulo, vi uma cena surreal. Uma jovem, aparentando estar alcoolizada ou algo do tipo, subia na grade do Viaduto ao lado da Cocam. Ela iria pular, e possivelmente, entrar para as estatísticas. Não sou herói, e nem quero ser, mas consegui puxar assunto até que os ânimos suicidas fossem acalmados. Ela me explicou que a mãe e o pai estavam separados, era de uma família muito bem financeiramente. Acreditava que era o motivo da separação, e numa punição, decidira terminar com a própria vida. Depois de um tempo chorando, foi para casa. Eu continuei minha caminhada.

Estamos passando pelo chamado "Setembro Amarelo", uma daquelas campanhas direcionadas para algum problema que a sociedade precisa debater e se posicionar. O suicídio é mais ou menos como a depressão. Apenas quem tem esse problema na família sabe a extensão da dor, da luta, e que todos os dias são uma batalha. Nós não temos a capacidade de ler os pensamentos ou saber o que existe por trás de cada olhar. As pessoas, de todas as idades, passam atualmente por um estado de agonia, uma busca pela felicidade, muitas vezes impulsionada pela falsa realidade provocada pelas redes sociais. Nossos jovens, sem orientação ou norte, se perguntam se vale a pena viver. Para eles a vida é como um fogo fátuo e não conseguem entender a extensão de seus atos. Ah, e como todos sabem, não importa a condição financeira, o sucesso, a suposta alegria.

Precisamos de mais "Setembro Amarelo", precisamos conversar mais, entender o próximo, estender a mão, ouvir as pessoas. E precisamos também nos cuidar, pois ninguém está livre das doenças da mente. Fico imaginando a agonia interior de uma pessoa que decide tirar o seu bem mais precioso, que é a vida. Ou a tristeza, a desilusão, que fazem com esta mesma pessoa deixe para trás entes queridos, amigos, sonhos e fantasias para se projetar num buraco sem fundo, num mundo sem volta.

Ah, como seria bom se tudo pudesse ser resolvido num simples editorial. Não pode, mas se pensarmos um pouquinho, quem sabe a gente não possa evitar que alguém pule de uma ponte, numa madrugada qualquer?

Meu nome é Arthur Godoy Júnior.

Este é o site Passando a Limpo, atualizado diretamente de São Paulo.

E amigos leitores, fiquem bem. Onde quer que vocês estejam...



- A Justiça de Catanduva recebeu no dia 17 de agosto último, ação individual de pessoa física pedindo que a Associação Bom Pastor, conduzida pelo padre Osvaldo de Oliveira Rosa - da Paróquia Imaculada Conceição - proceda a devolução de valor pago a título de aquisição de terreno ou cota em futuro loteamento a ser lançado.

- É a primeira ação envolvendo uma das pessoas que realizou o pagamento de R$ 10 mil para adquirir ou fazer parte de um grupo que iria se beneficiar com a divisão de terreno adquirido pela associação. As contas bancárias da Associação Bom Pastor estão bloqueadas pela Justiça, que atende pedido do Ministério Público. Para a promotoria, a captação de recursos por parte da associação, com cotas médias de R$ 10 mil, seria ilegal já que uma série de procedimentos jurídicos não foram adotados.

- Para a Associação, a intenção era unir um determinado grupo de pessoas, com colaborações, comprar uma área, e depois transformar o empreendimento num projeto habitacional social.

- Com as contas bloqueadas, a Associação chegou a pedir revisão desta decisão, mas a Justiça indeferiu o pedido. Uma das participantes decidiu mover a ação e pedir o seu dinheiro de volta, com juros e correção.

- Resumindo: quer receber cerca de R$ 30 mil. Por sorteio, a ação foi distribuída para a 2º Vara Cível.

- Para "sorte" da Associação, a mesma Vara que bloqueou o dinheiro da entidade.

- A Associação ainda não foi notificada.

- Os vereadores da Câmara Municipal de Catanduva discutem nesta próxima terça-feira, 17, projeto de Lei do vereador André Beck que autoriza a SAEC a criar um Fundo Social que se aplicado for, poderá dar isenção de até 100% na conta de água de pessoas carentes do município.

- Segundo o projeto, para conseguir a isenção, os moradores da residência precisam ter, no máximo, meio salário mínimo de rendimentos. Somados, estes valores não podem ultrapassar um salário mínimo. Se numa casa de três pessoas, apenas uma trabalhar, e a soma total for de um salário mínimo, os moradores terão direito a esse benefício.

- No caso de duas pessoas, cada uma pode ganhar até meio salário mínimo. Independente do número de moradores, o máximo dos rendimentos na casa não pode atingir um salário. E o consumo não poderá ser superior a 20 metros cúbicos mensal.

- O projeto simplesmente autoriza a SAEC a criar este fundo, não obrigando a autarquia a implantar a idéia.

- Desde o momento em que foi estipulado o corte de água na cidade, por inadimplência, há relatos de pessoas carentes, muitas idosas ou portadoras de deficiências, que estariam sofrendo com a interrupção no fornecimento de água. Isso poderia abrir uma possibilidade para que as pessoas realmente carentes possam ter o fornecimento, mesmo sem o pagamento.

- Obviamente, a autorização para o benefício seria devidamente acompanhada e passaria por um crivo de profissionais da própria SAEC, que iriam administrar o Fundo.

- Caso aprovado, o projeto vai para a mesa da prefeita Marta do Espírito Santo Lopes.

- O assunto do final de semana foi a inauguração do Hospital de Câncer de Catanduva. O evento contou com a presença do governador João Dória.

- Parecia uma maternidade. Todo mundo querendo ser o pai da criança.

- Além de inaugurar o Hospital de Câncer, o governador anunciou projeto de uma terceira via na rodovia que liga Catanduva a Pindorama. Ver para crer.

- No gargarejo, políticos de todas as correntes. Beth Sahão dividiu a cena com Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Regional, Luis Pereira, presidente da Câmara, e o próprio governador João Dória. Além, é claro, da prefeita Marta do Espírito Santo.

- Um pouco mais atrás estava o ex-prefeito Geraldo Vinholi, hoje ocupando um cargo na prefeitura de Barueri.

- E as especulações política avançaram a todo vapor. O que se comentou neste final de semana foi o possível ingresso de André Beck no PSDB, para ser candidato a prefeito pelo partido tucano.

- Por outro lado, o nome forte no PSDB catanduvense - não há dúvida - é o presidente da Câmara Municipal, Luis Pereira. Esteve ao lado do governador em todos os momentos. Já tem gente defendendo que o candidato a prefeito pela legenda seja Luis Pereira.

- Quando falam no assunto, Pereira desconversa.

- Considerando que já temos como pré-candidatos a deputada Beth Sahão, a prefeita Marta do Espírito Santo Lopes, e o empresário Roberto Cacciari, é bom o PSDB começar a se mexer. Afinal, perder em casa, tendo o governo do Estado em peso, seria péssimo para o clã Vinholi.

- E se as eleições fossem hoje, pelo que se comentam pelas ruas, o PSDB ficaria em quarto ou quinto numa disputa eleitoral municipal em Catanduva. Beth, Cacciari, Marta têm muito mais poderio eleitoral que os tucanos. Isso qualquer um sabe e pode ver.

- Aliás, algumas pessoas que estavam com Geraldo Vinholi - quando prefeito - já anunciaram apoio a outra pré-candidatura. Quem vem colhendo os ex-aliados do ex-prefeito, tem sido Roberto Cacciari.


CANAL ARTE DA GUERRA

Comandante Robinson Farinazzo Casal


A notícia não tem hora para acontecer...

GRUPOS DE WHATSAPP PASSANDO A LIMPO

DIA 04/08/2019 - 122 VAGAS

Os leitores do site Passando a Limpo que tiverem o aplicativo WhatsApp podem receber em primeira mão as notícias mais importantes do dia. Política, cotidiano, esportes, prestação de serviços, utilidade pública, administração, enfim, tudo isso em seu aparelho celular.

Acompanhe praticamente em cima da hora o fato, as repercussões, as opiniões. Saiba antes de todo mundo aquela notícia que será a discussão do dia seguinte.

Para participar é fácil.

É só clicar no link abaixo.

Diariamente informaremos o número de lugares disponíveis.

Afinal, a notícia não tem hora para acontecer...

Clique no link abaixo (ou nas imagens acima), e faça parte de nossa comunidade.

VOCÊ TAMBÉM PODE PEDIR O ACESSO ATRAVÉS DO WHATSAPP (11) 99118-5007


Colunismo mais que social tem nome e sobrenome:

Arlindo Gutemberg

PARA ENTRAR NA PÁGINA DE ARLINDO GUTEMBERG - NO FACEBUNDA - CLIQUE AQUI. DEPOIS, CURTA E SIGA. ATUALIZAÇÕES DIÁRIAS


Onofre Baraldi propõe Projeto de Lei que prevê divulgação de lista de espera para o SUS

A ideia é que população saiba pela internet qual a posição para consultas, exames e cirurgias Na tarde de sexta-feira, 26 de julho, o vereador Onofre Baraldi protocolou na Secretária da Casa de Leis o Projeto de Lei que propõe dar publicidade à lista de pacientes que aguardam atendimentos, exames e cirurgias na rede municipal de saúde.

Segundo o vereador, o objetivo é trazer ao usuário do SUS – Sistema Único de Saúde, informações sobre o tempo médio de espera para atendimento na rede municipal, assim como a posição em que o paciente se encontra na fila.

“Entendemos que fazer a divulgação da listagem de precedência, segundo a ordem de inscrição, além de moralizar e dar transparência, ajudará também a administração, que terá mecanismo para avaliar a demanda existente em cada tipo de atendimento e assim programar melhor o serviço”, afirmou Onofre.

Pelo projeto, a divulgação deve ser feita eletronicamente e nas unidades de saúde, sem restrição de acesso, mas garantindo o direito de privacidade dos pacientes, sendo divulgado apenas o número do Cartão Nacional de Saúde (CNS). As listagens serão disponibilizadas pela Secretaria Municipal de Saúde, que deverá seguir rigorosamente a ordem de inscrição para a chamada dos pacientes, exceto em casos de urgência.

A lista deve conter: data de solicitação da consulta, do exame ou da intervenção cirúrgica; aviso do tempo médio previsto para atendimento aos inscritos; relação dos inscritos habilitados para o respectivo exame, consulta ou procedimento cirúrgico e relação dos pacientes já atendidos.

O PL prevê ainda, que todas as unidades de saúde do município ficam obrigadas a tornar pública, mensalmente, a quantidade de pacientes atendidos, a movimentação do número de inscrições das listagens e a situação atual de cada paciente em relação à sua respectiva lista.

O projeto deverá entrar em discussão e votação após o recesso parlamentar.




WhatsApp - (11) 9 9118-5007



PASSANDO A LIMPO NO FACEBOOK - CLIQUE AQUI E CURTA



http://twitter.com/arthurgodoyjr



PARA SABER MAIS INFORMAÇÕES DE CATANDUVA E REGIÃO:


Tempo e temperatura


Google


Atenção!

Para ter Passando a Limpo em seu órgão de informação, ou receber material editorial de Arthur Godoy Junior, entrar em contato com a direção do site pelos telefones, e-mail ou endereços citados nesta página. Consultorias em jornalismo e estratégias de informação também podem ser adquiridas pelo mesmo método.


ENTRE EM CONTATO

(011)

99118-5007

ou...

(011) - 99118-5007 - WHATSAPP

E-mail: arthur007@uol.com.br


PODERES


Se você gostou deste site, acha que falta alguma coisa, colabore com a gente. Envie e-mail para arthur007@uol.com.br, ou telefone para (11) 99118-5007. Precisamos do seu apoio e incentivo, já que esta página é editada em São Paulo - S.P., a 385 km de Catanduva e região. Nossa intenção é informar, debater e ajudar. Mande suas informações, fotos, comentários. Ajude a manter este espaço. Agradecemos desde já. (Passando a Limpo)



Passando a Limpo é uma publicação on-line do jornalista Arthur Godoy Júnior (MTB 26.822) Endereço para contato: Rua Domingos Teotônio Jorge nr. 61 - Aricanduva - São Paulo - S.P, CEP 03904-040. Telefones: (11) 99118-5007, (0xx11) 2725-1346. E-mail: arthur007@uol.com.br - Hospedado na Locaweb - São Paulo. On-line desde 19/01/2003.