www.passandoalimpo.com

Arthur Godoy Júnior

arthur007@uol.com.br

Telefone e WhatsApp (11) 99118-5007


São Paulo, 02 de março de 2021

Atualizado às 23h00

online



Saúde

Assustados, prefeitos decidem criar "transição" entre zonas vermelha e laranja

Todos os detalhes logo abaixo...


BOM DIA NOTÍCIA

Diariamente, às 06h00, os integrantes dos Grupos de WhatsApp do site Passando a Limpo recebem o programa Bom Dia Notícia, com as principais notícias das últimas 24h00. Previsão do tempo, trânsito, entrevistas, informações sobre a cidade, comentários e muita prestação de serviços. O catanduvense acorda ao som do cantar do Galo, num jornalismo ágil e dinâmico.

PARA ENTRAR NO GRUPO PASSANDO A LIMPO - 6

PARA OUVIR NO SOUNDCLOUD




- Cidades da região de Catanduva e seus prefeitos estão assustados com os números do Covid-19, principalmente em relação ao número de pessoas internadas e leitos ocupados. Como em todo o Brasil, os dados indicam que a pandemia chegou com força total nesta segunda onda. E sem solução ou saída a curto prazo, os prefeitos decidiram tentar salvar a economia e a saúde. Resultado: em reunião realizada em Catanduva, 19 cidades apontaram que será necessário criar uma zona intermediária entre a laranja e a vermelha. Todos as áreas de atividade serão preservadas, mas o horário do comércio e a ocupação dentro de cada endereço devem ser menores.

- Esse ponto intermediário acabou surpreendendo até mesmo a população que desde sábado estava se preparando para decisões mais rígidas. Houve a veiculação de informação de que a região iria para a fase vermelha. Os municípios podem retroceder, mas para avançar precisam autorização do governom do Estado de São Paulo.

-Durante as deliberações, os prefeitos concordaram em colocar a região, que está na Fase Laranja do lano São Paulo, em uma “Fase Intermediária”, sem cair na Fase Vermelha. “Houve consenso em adotar medidas mais rígidas, diante da alta na ocupação de leitos nos hospitais de Catanduva. Vivenciamos uma crescente onda da doença. Temos tomar atitudes para diminuir o número de doentes positivos para que a estrutura de assistência tenha fôlego”, destacou Padre Osvaldo.

- Um protocolo de intenções foi assinado pelos gestores dos municípios.

- Conforme o documento, os serviços considerados essenciais poderão funcionar com limitação de horário de funcionamento, das 6 horas até às 20 horas, mediante redução de circulação interna de até 50% de sua capacidade, em cada estabelecimento.

- Nesse quesito se enquadram: farmácias, mercados, padarias, postos de combustíveis, lavanderias, transporte coletivo, hotéis, pousadas e outros serviços de hotelaria e restaurantes. Nesse contexto, as atividades de drive-thru e delivery ficam permitidas, de acordo com as regras da Fase Laranja, estabelecidas no Plano São Paulo.

- Enquanto que, os serviços considerados não essenciais deverão ter sua capacidade reduzida em no máximo 30% de circulação interna e limitação de horário de funcionamento das 6 às 20 horas. - No rol de serviços não essenciais são elencados: shoppings, lojas de artigos esportivos, roupas variedades e similares; concessionárias; escritórios; lanchonetes; academias; salões de beleza; cinemas, teatros e outros estabelecimentos culturais; templos religiosos de qualquer culto. Já os bares poderão funcionar no sistema delivery ou drive-thru, sem consumo no local.

- Além disso, as unidades de saúde poderão funcionar com 100% da capacidade de pessoal, assim, também, os serviços de água e esgoto, obras e zeladoria.

- Com relação aos serviços funerários, o horário de funcionamento será entre as 6 horas e 18 horas, com capacidade reduzida para 10 pessoas conjuntamente. As demais repartições públicas funcionarão com sua capacidade presencial, reduzida, se for o caso, em sistema de rodízio, possibilitando o trabalho remoto quando possível.

- As novas regras começam a valer na próxima quarta-feira, dia 3 e se estenderão até o dia 14 de março.

- O documento ficará sujeito a alterações, seguindo classificações do Plano São Paulo.

-Assinaram o protocolo de Intenções representantes das cidades: Catanduva, Palmares Paulista, Pindorama, Ariranha, santa Adélia, Pirangi, Paraíso, Novais, Embaúba, Tabapuã, Catiguá, Sales, Marapoama, Urupês, Elisiário, Itajobi, Novo Horizonte, Fernando Prestes.

- O município de Irapuã foi o único que decidiu ir para a fase vermelha, não aderindo à fase intermediária. Segundo a prefeita municipal daquela cidade, a mesma informou que sua responsabilidade é com a vida e por isso mesmo o melhor caminho é ir para a fase vermelha.

- Enquanto isso, os hospitais que são a base regional catanduvense, Hospital Emilio Carlos e São Domingos, estão com números de total saturação.

- A Secretaria de Saúde retoma nesta terça-feira, dia 02, a aplicação da segunda dose da vacina contra o Covid-19. Serão atendidos hospitais da saúde e idosos com 90 anos ou mais.

- No dia seguinte, 03, começa uma nova etapa da campanha de vacinação. Na ocasião serão atendidos idosos acima de 77 anos, até 79 anos.

- Na última atualização de óbitos divulgada pela Secretaria da Saúde, consta o falecimento de um senhor de 58 anos, que faleceu no Hospital Oswaldo Cruz, em São Paulo. Esta vítima faleceu no início do mês de fevereiro. Não há informações da Secretaria da Saúde catanduvense a respeito do motivo pelo qual a vítima estava internada na Capital.

- Até o momento, são 214 catanduvenses vítimas do Covid-19 na cidade. E os hospitais contam com 60 pessoas internadas, sendo 18 da cidade de Catanduva e o restante de outras cidades.

- Projeções indicam que em três semanas o governo do Estado deve entrar em colapso.

- A deputada Carla Zambelli esteve em Catanduva. Faltou divulgação de sua presença na cidade e das atividades que realizou.

- Zambelli é direita, volver!

A cada atualização, esta coluna receberá novos comentários e informações. Colabore enviando seu e-mail para arthur007@uol.com.br, com o título "Direto da Redação", ou através do WhatsApp - (011) 99118-5007. Após recebermos a informação, realizaremos a checagem e publicação. Sigilo absoluto. Passando a Limpo: é você quem faz!


Opinião

Os verdadeiros culpados...

Arthur Godoy Júnior

Catanduva e região ocupam 60 leitos nos hospitais Emilio Carlos e São Domingos. Catanduva, uns 20 leitos e o restante ocupados pelos moradores de outras cidades. Infelizmente, os números de leitos ocupados só estão diminuindo com a morte de pessoas. Vão ao longe as imagens de enfermeiros, médicos e técnicos aplaudindo pessoas saindo em alta. Hoje, existem muitas perguntas e poucas respostas e todas elas que apontam para um quadro negro, e que ainda pode piorar se a cepa de Manaus que hoje dorme em berço esplêndido em Araraquara desembarcar por aqui.

Assim, com os leitos ocupados, a pergunta é quase obrigatória: onde foi que erramos? Foram os bares, as festas clandestinas, os restaurantes? A pergunta que parece ter várias respostas é de fácil resolução. Começamos a errar e ainda estamos errando ao ignorar solenemente ou esconder embaixo do colchão os milhões encaminhados pela União, e uma pequena parcela pelo Estado, para combater o Covid-19. Erramos por não realizar a reunião de prefeituras quanto havia tempo, numa análise profunda dos casos, causas e soluções. Erramos em não montar estratégias regionais para conter o vírus, ficando cada um por sí e Deus para todos justamente quando o momento exigia um intercâmbio ferrenho de informações. E também erramos em sermos fracos ao tomar medidas paliativas, que ao final, como se comprova, não deram em nada.

Se hoje fosse criado um Tribunal de Haia para indicar quem são os principais responsáveis pela catástrofe sanitária na região, eu indicaria sem medo de errar os prefeitos e secretários de cada município, a começar com a ex-prefeitura catanduvense e seu secretário de Saúde que por ironia do destino, ou falta de discernimento da atual secretária da Saúde, ainda continua trabalhando diretamente e dentro do prédio que mandou e desmandou por tantas e tantos anos. Catanduva recebeu verbas que não foram aplicadas de forma rápida e racional. Exames passaram a ser artigos de luxo, destinados apenas aos que indicavam realmente estar contaminados. Isolamento? Nem pensar. Rastreamento? Uma piada. Cadastro de contaminados e trabalho de alerta para a região? Sequer passou pela cabeça.

Com isso, sendo mais fácil culpar gregos e troianos, e tendo que seguir um plano que se mostra a cada dia mais falho e adaptável (Plano São Paulo), o resultado parece ser de uma simplicidade enorme: leitos lotados e mais de 200 catanduvenses mortes num prazo de um ano. E o pior: ainda estamos com a sensação de que o pior ainda estar por vir. Porém, é mais fácil culpar bares, restaurantes, e comércio. E também é só culpar, já que lotéricas continuam lotadas, bancos omissos, restaurantes que foram porcamente fiscalizados desde o início da história. Padre Osvaldo assumiu, algumas coisas mudaram, a Guarda e a Vigilância tem trabalhado, mas me parece que se usa muita força e pouca inteligência. Onde estão os exames rápidos, o rastreamento, os resultados e as campanhas de orientação.

Não podemos esquecer que a campanha serve para informar e tentar demonstrar que estamos com um presidente negacionismo e que sua opinião para a Covid-19 não deve ser levada em conta. E acreditem: muita gente se influencia por este senhor com claros problemas de cognição e se negam a tomar a vacina. Um jornal da Paraíba, Folha da Paraíba, acaba de publicar uma charge com a Mônica e o Cebolinha deformados após tomarem a vacina do Butantan. Este jornal deveria ser acionado judicialmente pela Maurício de Souza Produções, pelo Butantan e pela própria Justiça séria, já que isso além de ser um desservíço público é uma ação homicida contra a inteligência humana.

Hoje, não adianta ficar em estado de choque ou perder o tempo em reuniões onde se discute o lockdown. Perdemos a nossa chance. Agora, é hora de unir forças, valores, e pensar regionalmente como podemos fazer para derrotar o Covid-19, e transformar a pandemia em história do passado. Reclamar sem tomar qualquer providência séria não tem valor algum. É como chover no molhado, e o pior, sair ensopado.

Meu nome é Arthur Godoy Júnior.

Atualizo o site Passando a Limpo diretamente de São Paulo, Brasil.

Fiquem bem, onde quer que estejam.


Mande seu recado, sua reclamação, sugestão, ajude a sua cidade. O e-mail para contato é arthur007@uol.com.br. Você pode clicar no link acima e escrever seu comentário.



tête-à-tête

SALOMÉ PACHÁ

Ela tem linha direta com o governo e ainda nutre esperanças...

Alô, alô, é da igreja? Por favor queria falar com o padre Osvaldo? Ah, está lá na prefeitura? Ai menina, é verdade, esqueci. Estou no isolamento social e nem percebi que as coisas mudaram tão radicalmente....Ah, não mudaram tanto? O secretário de Obras continua sendo do Fonsinho? E o Ronaldinho continua na Secretaria da Saúde, esquentando cadeira? E o que tem o Niltinho Marto? Como assim? Ele está no governo do padre? Tem certeza, minha filha? O Niltinho? Aquele que era Cacciari e fez campanha para o outro time? Tem certeza que a gente está falando do mesmo Niltinho? Daqui a pouco você vai me falar que o João Paulo continua na Secretaria de Trânsito? Como é? Continua? E o diretor do pátio continua o mesmo? Tem certeza? Pelo menos a Daniela Belucci não está mais na Saúde, não é mesmo.... Ah, tá... Não está.... Como é que é? Saiu porque pediu para sair e na semana passada? E a Cris Anovazzi? Onde??? No Teatro??? Mandando???? Pelo jeitão, meu isolamento social foi pior do que eu imaginava... Mas mudando de assunto, e o dinheiro do Covid, gastaram onde? Como assim, não gastaram? Mas não mandaram R$ 14 milhões para combater a doença, fazer exames? Ah, não combateram a doença e exames só fazem quando a pessoa já está tomando ozônio? Bem, ainda bem que temos o hospital de campanha que foi montado e dá pra gente atender as pessoas lá..... Hã? Tem certeza? O hospital foi desmontado? Mas não está acontecendo a pandemia, a pior parte agora? Mesmo assim, desmontaram? Tem alguma notícia boa? Ah....o padre pagou o cartão alimentação???? Graças a Deus, minha Nossa Senhora.... E quando paga o dissidio? Ué, mas ele não prometeu pagar este ano? Eu tenho aqui gravado que ele prometeu pagar.... Ah, falou que paga mas não sabe como? Falou que vai colocar na mão de Deus? Mas Deus tá pagando dívida do dissídio? Tô vendo aqui que o PSDB elegeu um monte de gente, assim pelo menos nosso querido padre Osvaldo vai poder governar tranquilo..... Como? Como???? Tem certeza que o PSDB é oposição ao padre? Inteiro? Até o Luis Pereira? E quem é situação, o PT por acaso? Cooomooooo? Tem uma vereadora do PT que é simpática ao padre? Olha, querida, foi bom conversar. Fale para o padre que a Salomé ligou, está bem? Agora, vou voltar ao meu isolamento pois o que você me contou hoje pode me jogar na cama e vão ter me que entubar.... Fique com Deus, minha filha... E para encerrar....quando vai ser a próxima missa do padre? Ah, no sábado? E onde? O que???????? Na prefeituraaaaaaaaa????????? Tum...tum...tum...tum...





A notícia não tem hora para acontecer...

GRUPOS DE WHATSAPP PASSANDO A LIMPO

Os leitores do site Passando a Limpo que tiverem o aplicativo WhatsApp podem receber em primeira mão as notícias mais importantes do dia. Política, cotidiano, esportes, prestação de serviços, utilidade pública, administração, enfim, tudo isso em seu aparelho celular.

Acompanhe praticamente em cima da hora o fato, as repercussões, as opiniões. Saiba antes de todo mundo aquela notícia que será a discussão do dia seguinte.

Para participar é fácil.

É só clicar no link abaixo.

Afinal, a notícia não tem hora para acontecer...

Clique no link abaixo (ou nas imagens acima), e faça parte de nossa comunidade.

VOCÊ TAMBÉM PODE PEDIR O ACESSO ATRAVÉS DO WHATSAPP (11) 99118-5007



Tempo e temperatura


Google


Atenção!

Para ter Passando a Limpo em seu órgão de informação, ou receber material editorial de Arthur Godoy Junior, entrar em contato com a direção do site pelos telefones, e-mail ou endereços citados nesta página. Consultorias em jornalismo e estratégias de informação também podem ser adquiridas pelo mesmo método.


ENTRE EM CONTATO

(011)

99118-5007

ou...

(011) - 99118-5007 - WHATSAPP

E-mail: arthur007@uol.com.br


PODERES


Se você gostou deste site, acha que falta alguma coisa, colabore com a gente. Envie e-mail para arthur007@uol.com.br, ou telefone para (11) 99118-5007. Precisamos do seu apoio e incentivo, já que esta página é editada em São Paulo - S.P., a 385 km de Catanduva e região. Nossa intenção é informar, debater e ajudar. Mande suas informações, fotos, comentários. Ajude a manter este espaço. Agradecemos desde já. (Passando a Limpo)



Passando a Limpo é uma publicação on-line do jornalista Arthur Godoy Júnior (MTB 26.822) Endereço para contato: Rua Domingos Teotônio Jorge nr. 61 - Aricanduva - São Paulo - S.P, CEP 03904-040. Telefones: (11) 99118-5007, (0xx11) 2725-1346. E-mail: arthur007@uol.com.br - Hospedado na Locaweb - São Paulo. On-line desde 19/01/2003.